A INFLUÊNCIA DE RENÉ MAGRITTE NA ARQUITETURA

blog

A INFLUÊNCIA DE RENÉ MAGRITTE NA ARQUITETURA

René Magritte foi um dos pintores que mais se destacou por suas obras surrealistas. Nascido em Lessines, Bélgica, foi um ilustrador, desenhista e pintor que ficou reconhecido por suas pinturas ícones “La trahison des images” com a frase “Ceci n’est pas une pipe” (Isso não é um cachimbo) e a “Le fils de l’homme”, que significa “O filho do homem”.

Na arquitetura e em seus demais ramos, muitos profissionais inspiram-se nas obras do artista para fazer com a arte faça parte do design e da decoração dos ambientes. Isso porque ele transformou a arquitetura em imagens simbólicas desconcertantes da vida cotidiana. Isso porque, em suas obras de arte as cenas domésticas se destacam de forma impressionante, sendo um novo sistema de produção.

Como a arquitetura está totalmente ligada à arte e criação, os profissionais de área são influenciados por artistas de décadas passadas. No caso do movimento surrealista, as principais características são: o uso de colagem e escrita, a expressão do inconsciente e dos sonhos, uso do humor e a libertação das exigências da lógica e da razão.

Hoje o Museu Magritte, localizado em Bruxelas na Place Royale abriga a sua maior coleção, onde são expostas 250 de suas obras, espalhadas ao longo de mais de 2.500 metros quadrados divididos em vários andares. Confira algumas obras e viaje nas cores e estampas que ele pode nos inspirar.

“The return”

“The Horsewoman”

“A queda”

“O filho do homem”

Este site utiliza cookies próprios e de terceiros para analisar sua navegação e oferecer um serviço mais personalizado e publicidade conforme seus interesses. Veja nossos Termos e Condições e a Política de Privacidade. Clique em "Aceito"para aceitar a utilização de cookies.